Blog da FEAC

José Lario Zimmer

MENSAGEM DA IRMÃ CAROLINA

MENSAGEM DA IRMÃ CAROLINA
02 de Abril de 2018

MENSAGEM DA IRMÃ CAROLINA recebida no dia 29 de março de 2018.

Olá Irmãos amados!

Venho nesta noite trazer uma pequena reflexão a todos. Espero do fundo do meu coração poder auxiliar com muito carinho.

Bem! O Sol brilha todos os dias. Ele nasce todas as manhãs e se esconde todas as noites hoje e sempre.

Sim caros irmãos! Coloco para vós um simples fato e espero que possam entender a comparação singela.

Pois bem! Se nossa ESPERANÇA for como o sol, é fato que tudo vai dar certo, mas para ocorrer tal questão é necessário que ela brilhe como o sol em um lindo dia ensolarado, iluminando a tudo e a todos. Desta forma vamos dar a energia necessária que todas as questões venham a nos favorecer. Sim meus caros, essa energia provinda de nossa esperança vai direcionar tudo para o melhor, forçando a paz, a alegria e a contemplação de algo muito bom que traga positividade. Mas notem que para tudo se desencadear de forma positiva é preciso que nossa esperança brilhe como o sol, que tenha sua força e vigor, que ilumine tudo ao seu redor.

Agora, se a esperança for como um dia nublado, não esperem muito propriamente de si mesmos, pois não haverá luz para iluminar, fortalecer o “EU”. Agora se a esperança for como uma noite totalmente escura, creio que seja melhor nada esperar, apenas o vazio, o frio e a solidão de uma escuridão.

O que quero deixar bem claro aos amigos é que um homem sem esperança nunca, jamais vai poder contemplar a alegria ou a satisfação de uma conquista, seja ela de qualquer modo. Sem esperança nada se alcança.

Que isso seja sempre lembrado.

Espero de coração que cada um seja seu sol e renove suas conquistas hoje e sempre com muita esperança.

Um forte abraço a todos e que a luz brilhe hoje e sempre!

Irmã Carolina da Colônia Nova Esperança.

ELUCIDAÇÕES!

Caros internautas!

Quem é a Irmã Carolina?

A Irmã Carolina pertence à Colônia Nova Esperança. Para que os internautas entendam o mundo Astral, para onde nós vamos após a morte física é organizado em Colônias. São centenas de colônias, a exemplo da Colônia NOSSO LAR que é narrada por André Luís.

A Colônia Nova Esperança faz parte de mais de quatro centenas de Colônias interligadas com a nossa Colônia Irmão Lacerda.

A Colônia Nova esperança possui já uma tecnologia altamente desenvolvida, através da qual eles captam as nossas doações em forma de oração e essa energia eles transformam em medicamentos para o trabalho de cura das mais variadas patologias.

A Irmã Carolina está estagiando também na Colônia Irmão Lacerda e levando para essa Colônia os ensinamentos para o aprendizado tecnológico.

Quanto à mensagem ela deixa muito claro a importância da ESPERANÇA para a nossa vida. Se tivermos esperança estaremos irradiando uma energia positiva cuja força magnética será decisiva para alcançar nossos objetivos, que alguns interpretam como fé.

Porém, o oposto, o sentimento negativo escurecerá o SOL da ESPERANÇA e bloqueará as nossas conquistas.

Assim, neste período Pascal colhamos a Esperança que Jesus nos trouxe e deixou na certeza de que a vida continua e que seguindo suas lições poderemos atingir e galgar os degraus da evolução.

Reflitam com muito carinho, enquanto desejo a todos uma ótima semana.

Lario.

Download PDF

Comente:
VEJA TAMBÉM
DO ALÉM DUAS CRIANÇAS ENVIAM MENSAGEM

José Lario Zimmer

DO ALÉM DUAS CRIANÇAS ENVIAM MENSAGEM

TRANSCREVEMOS A MENSAGEM de duas crianças que recebemos na noite de 11 de outubro último, véspera do dia da criança. Caros internautas! A Irmã Dulce da Bahia, em seu diálogo no dia 10 de outubro que transcrevemos e que poderá ser lido por quem não leu, pediu doação para as crianças na comemoração do seu dia. Assim, podemos constatar: Que a vida continua após a partida do corpo físico.Que as crianças chegam do outro lado do mesmo modo como daqui partiram.Que o processo de crescimento segue padrões evolutivos que são tratados com metodologia apropriada para a evolução do CORPO ASTRAL.Que a Irmã Dulce é que tem um grande complexo de auxílio de recolhimento, acolhimento e tratamento às crianças de todas as idades, cujo trabalho ela executa na Colônia Irmão Lacerda à qual nossa Casa da Feac está vinculada.Serviço idêntico é feito pela Madre Tereza de Calcutá na Colônia que leva o seu nome e que fica geograficamente sob os céus da África.Naquela noite da doação recebemos quatro mensagens, das quais estaremos divulgando duas e as outras numa próxima oportunidade.As crianças vieram cantar e uma das coordenadoras é a Maria Dolores, que foi regente dos Rouxinóis. Enfim, constatamos que as nossas preces são de muita importância para todas elas. Na sequência transcrevemos duas mensagens: 1ª. MENSAGEM. Mensagem do menino – HENRIQUE GUSTAVO- 11.10.2018. Olá! Boa noite. Eu adoro doces, na verdade eu amo doces, mas posso lhes dizer com toda a certeza que o melhor doce desta vida é o de poder abraçar e ser abraçado pelo amor da mamãe, do papai e de poder brincar com os manos. Quando eu tinha 09 anos desencarnei devido a um câncer cerebral do qual vinha me tratando já a alguns meses, mas infelizmente vim ao desencarne. Quando cheguei do outro lado da vida sentia tanta saudade da minha família, chorava muito. Fiquei junto com outras crianças internado em um hospital muito bonito e acolhedor. Quando fiquei curado fui para uma escola-casa, com pessoas muitos amáveis e acolhedoras. Ainda sentia muita falta de casa dos meus pais e irmãos. Aqui posso estudar, brincar, ganhamos roupas, brinquedos e doces de vocês e podemos compartilhar tudo isso entre nós. Com o tempo vamos aprendendo a perdoar e a esquecer aquilo que nos aconteceu, mas a saudade de casa e da família permanece todos os dias. Vossas orações chegam até nós e nos fortificam para continuar a nossa vida nova aqui. Penso no dia em que poderei rever meus pais e irmãos, mas sei que devo esperar por muito tempo, então fico um pouco triste, mas depois vou brincar, estudar e daí o dia passa mais feliz. Devemos ser gratos sempre nos diz a Irmã Dulce, nossa mãezona aqui, que Deus é muito sábio e sempre sabe o que é melhor para cada um de seus filhos. Quero agradecer pelas vossas doações e orações em nome de todas as crianças. Nós amamos muito todos vocês. Sou uma criança aprendendo a viver na paz e no amor graças a ajuda de todos vocês. Henrique Gustavo. 2ª. MENSAGEM. MENINA LUZIA 10 anos. Oi! Eu me chamo Luzia. Viemos aqui para contar e receber presentes, até doces vamos ganhar. Olha só! Quantas crianças vieram, todas estamos muitos felizes. Sabe, quando ficamos sabendo que o nosso passeio é para este lugar a alegria é grande. Até ansiosa eu estou, mas tenho que falar rapidinho e voltar lá do outro lado naquela sala grande cheia de gente. Já vamos começar nossos cantos, mas antes eu quero agradecer todos vocês que sempre fazem oração e mandam comida deliciosa para nós, tudo o que recebemos daqui é muito gostoso. Vim para agradecer todos os presentes e doces que hoje vamos receber. A alegria é muito grande, eu ainda quero pedir que vocês façam prece para as crianças que aqui passam fome na terra. Tem muita criança que chega no lugar onde estamos com muita fome, elas morrem de fome. Vocês que são grandes e ajudam tanto a nós porque deixam as crianças de vocês morrerem de fome. Isso não pode acontecer. Quem manda aí? Digam para quem manda na terra não deixar crianças sem comida, sem presentes, sem doces. Cuidem delas. Vocês prometem? Ficamos muito tristes quando vemos elas magrinhas e com fome. Agora passou o tempo, preciso ir. Obrigada e um beijo e abraço para cada um de vocês. Luzia – 10 anos. Com votos de Feliz Evolução lhes digo até a próxima. J. Lario Zimmer.

​DIÁLOGO COM A IRMÃ DULCE DA BAHIA. DATA: 10.10.2018.

José Lario Zimmer

​DIÁLOGO COM A IRMÃ DULCE DA BAHIA. DATA: 10.10.2018.

DIÁLOGO COM A IRMÃ DULCE DA BAHIA em 10.10.2018. Caros Internautas! Em nossa pesquisa para receber orientações acerca das doações especiais que sempre acontecem nas Segundas Quartas-feiras de cada mês, se fez presente a nossa amável IRMÃ DULCE DA BAHIA solicitando a doação de energia para as crianças que estão sob os cuidados dela e da Colônia de Madre Tereza de Calcutá. Queremos enfatizar que através desse conteúdo temos mais uma confirmação da forma como a vida continua. Transcrevemos a mensagem gravada pela psicofonia e compartilhamos com nossos amáveis leitores e no final estaremos prestando mais alguns esclarecimentos para que o seu conteúdo possa tornar-se mais compreensível em face do desconhecimento que a maioria tem com relação à CONTINUAÇÃO DA VIDA. A IRMÃ DULCE FALOU O SEGUINTE: “-Queridos e amados irmãos em Cristo! Que a paz de Jesus esteja com todos nós hoje, amanhã e sempre. Que assim seja! É a Irmã Dulce? Sim, o irmão já sabe quem sou. -Sim, pela sua forma de falar. -Tudo bem Irmã? Muitas crianças? Sim, preparando uma grande festa para as nossas crianças. E hoje me faço presente para pedir aos Irmãos doações na Quinta quando os irmãos se encontram todos juntos, para que possamos abençoar as nossas crianças com as oportunidades de elas poderem estar recebendo alguns brinquedos e doces materializados com a vossa energia. -Então nós vamos na noite de quinta doar energia para materialização de doces, brinquedos, remédios, roupas é isso Irmã? -Nós vamos trazer o coralzinho e podem comunicar aos presentes que o coral estará cantando ali na frente que estaremos irradiando a energia da doce harmonia de nossos pequenos. -Nós poderíamos até abrir o campo das pessoas que tem alguma sensibilidade para que elas possam ouvir ou sentir melhor a presença do coral? -Ocorre que abrindo o campo também poderão sentir outras coisas, porque é o campo vibracional. -Irmã Dulce! A senhora imaginou em vida que um dia teria tantas crianças para cuidar do lado de lá? -Nunca pensei que pudesse ser tão abençoada. Essa oportunidade me é tão gratificante que me transborda em gratidão, porque o ócio me incomodava, porque ficar inativa, devia ser meio chato. Então agora estou muito feliz e posso ser útil. -A Irmã não tinha noção como seria a vida do lado de lá? -Não. Nunca tinha essa ideia e mesmo dentro dos princípios do conhecimento que eu possuía não tinha como ter esse conhecimento. Podemos também trazer mensagens na Quinta de nossas crianças para que elas possam oferecer o seu conteúdo infantil para que os irmãos possam saber que a vida continua. -E o coralzinho é dirigido pela Maria Dolores? -Ela é uma das coordenadoras que junto com as outras fazem esse trabalho tão bonito com nossas queridas crianças. -Enviamos um grande abraço à Maria Dolores que era de nossa terra. -Eu sei. Não vou me alongar e vou passar as patologias presentes nesta noite para receberem a doação. -Após passar os diversos quadros com as respectivas patologias ainda nos quadros finais mencionou o seguinte: - No quadro seguinte temos também as crianças, principalmente do continente Africano que ficam ao encargo da Equipe da Irmã Madre Tereza, o resgate destas crianças, mas são dois quadros que podem ser juntados as crianças da África e também pela comemoração as crianças brasileiras, as quais a nossa Equipe junto com outras estaremos acolhendo. E como último quadro temos os Andarilhos que se encontram e vem cada vez em número maior, vem vindo, se comunicando entre si e um vai trazendo o outro, isso é muito bom para o seu despertar. -Bem Irmã! Algum recado especial? - Olha meu irmão a gente está sempre aqui pensando o que vai ser de nós, quando a gente se depara que temos uma oportunidade tão abençoada de poder estar ajudando o próximo. Então a gente pensa o que vai ser de nós no futuro, mas enquanto podemos ser úteis já está bom, então se podemos estar aqui no futuro, ou acolá, ou talvez em outra dimensão, outro planeta, mas onde quer que estejamos que estejamos auxiliando o próximo emanando energias de felicidade e isso faz tão bem ao nosso coração, trazendo saúde e felicidade. Deixo um abraço muito grande a toda a vossa equipe e é claro que esse trabalho com as crianças nós estamos avançando num núcleo aqui na Colônia que nós não tínhamos essas oportunidades, essas ferramentas, os especialistas, construímos novas alas e então, quando as crianças tinham que escolher para ficar com um corpo astral de jovem, isso requer um processo e nós estamos começando a fazer isso aqui. Precisávamos levar as crianças em outro local, ali com especialidades e ferramentas adequadas fazer esse trabalho, e evoluir, desenvolver o corpo de criança para o corpo de jovem, de adulto. -Como tudo é complexo. -Sim, tudo é um processo de mudança para mudar e depois manifestar no campo astral. Tudo é um processo um pouco delicado onde a estrutura do Ser precisa ser cuidada para que não hajam sequelas. Poderia o nosso grupo quando fazer as doações incluir uma doação específica para essa finalidade? -Vocês podem doar sim para as crianças e nós aproveitamos e direcionamos essas energias. Elas não podem ficar sempre crianças, elas precisam trabalhar, estudar etc. então chega um momento depois de passada a dor da separação não podem ficar para sempre dependendo, porque nós precisamos acolher outras, deixar o espaço vazio para outras. Precisamos sempre continuar o progresso. -Uma curiosidade minha. Estatisticamente qual é o número aproximado de crianças que estão sob seus cuidados? -Hoje nós temos mais espaço, então os irmãos devem entender que são especialistas com cada patologia, então o espaço onde estão as crianças são entre 1.000 e 1.500 crianças, mas isso é onde nós cuidamos, mas existem os hospitais onde existem curas para crianças com outras patologias. Então devido a esse número as crianças precisam evoluir para serem jovens e assumir a sua identidade espiritual que não é de criança é de adulto para abrir espaço para que outras cheguem é uma evolução contínua e nesse processo algumas são mais resistentes, elas tem mais resistência à evolução, e com essas a gente precisa ter sempre mais cuidado, para não haver sequelas. Muito obrigado Irmã pela sua vinda e com muita alegria vamos convidar os presentes amanhã à noite para fazer essa doação para as crianças. Então do fundo do meu coração em nome de toda a nossa Equipe deixamos um abraço caloroso para todos e que o coração do nosso abençoado Mestre Jesus abençoe a todos. Que assim seja. REFLEXÃO. No ano de 2.000 do nosso tempo foi iniciada a construção da Colônia que passou a ser denominada de COLÔNIA IRMÃO LACERDA. Desse processo a nossa Casa da Feac participou de forma inconsciente, porque essa informação recebemos mais tarde.Cada Planeta tem a sua contraparte dimensional Energética Vibracional e sua urbanização é feita em núcleos denominados de Colônia. Na nossa visão podemos ver esses aglomerados urbanos como as Polis Gregas, imaginando-as como Cidade-Estado. Essas Colônias espalham-se no CAMPO ASTRAL de cada Planeta em vários níveis de acordo com o grau evolutivo de seus habitantes.Assim foi construída a Colônia Irmão Lacerda que tem como objetivo trabalhar com CURAS de encarnados, mas especialmente desencarnados com vistas para o trabalho de higienização do Planeta para a caminhada de transição de nosso Planeta Terra. Não vamos nos alongar nessas considerações, mas dizer que a Irmã Dulce da Bahia foi convidada para assumir e organizar o trabalho de RESGATE e CURA DE CRIANÇAS, o que efetivamente aconteceu e vai ampliando de forma maravilhosa.Assim desse conteúdo podemos tirar alguns ensinamentos:Que a vida continua.Que a continuação da vida é um verdadeiro encadeamento de nossa vida aqui na terra. Que chegamos na outra dimensão da mesma forma como partimos daqui.Que o chamado descanso eterno não existe, aliás a própria Irmã Dulce menciona que ela já estava preocupada com o eventual ócio, que seria chato.Que a criança chega do lado de lá nas mesmas condições e precisa depois passar por um processo evolutivo para assumir a sua identidade adulta, processo complexo cuja ferramenta foi instalado recentemente na Colônia.Que a oração enviada com foco para o trabalho das crianças tem um valor muito grande e qualquer pessoa pode orar para as Equipes da Irmã Dulce e Madre Tereza de Calcutá.Enfim, que eles continuam muito próximos a todos nós encarnados, tanto é que o dia da Criança também é festejado na outra dimensão. Leiam com muita atenção, avaliem, raciocinem e aproveitem esse conteúdo para entender melhor o MUNDO que iremos encontrar quando nos libertarmos do nosso corpo físico. Com votos de feliz evolução lhes digo: ATÉ A PRÓXIMA. J. Lario Zimmer.

​EQUIPE ESPIRITUAL LIGADA À CASA DA FEAC PEDE ORAÇÃO PARA O BRASIL. 04.10.2018.

José Lario Zimmer

​EQUIPE ESPIRITUAL LIGADA À CASA DA FEAC PEDE ORAÇÃO PARA O BRASIL. 04.10.2018.

EQUIPE ESPIRITUAL LIGADA À CASA DA FEAC PEDE ORAÇÃO PARA O BRASIL. 04.10.2018. Caros internautas! Cumprimos o dever de compartilhar uma mensagem psicográfica recebida na noite de ontem 04 de outubro pedindo oração para o nosso País. A título de esclarecimento informamos mais uma vez que temos um procedimento em nossa Casa da Feac denominado CORREIO DO ALÉM, neste quadro todas as quintas-feiras os médiuns presentes na Casa ficam à disposição para receberem mensagens por psicografia que são ditadas pelos Amigos Espirituais da outra dimensão. Os médiuns receptores das mensagens desconhecem por antecipação o nome dos emitentes, bem como o seu conteúdo, que só é visto quando concluída a mensagem. São essas mensagens que normalmente publicamos nesta página e todas elas têm uma razão de ser voltada para o acréscimo de conhecimento com relação à continuação da vida. Na sequência transcrevemos a mensagem cuja autoria é da Equipe Espiritual preocupada com os rumos que foram impostos ao Brasil ao longo dos últimos anos e que agravaram toda a vida sócio econômica e criaram um estado de animosidade pernicioso e que gera, energeticamente, um quadro totalmente contrário ao estado de harmonia que o princípio Crístico preconiza através da palavra e da ação do Grande Mestre de Nazaré. Os amigos Espirituais escreveram: “Boa noite meus irmãos da Casa da FEAC! São muitos os irmãos necessitados que estão nesta Casa para serem socorridos e apresentam muita dor, desesperados, perdidos no além e trazidos pelos Irmãos Socorristas para serem auxiliados. Por outro lado, queremos informar que os ânimos do povo brasileiro estão exaltados, agitados, inseguros e os Irmãos Inferiores aproveitam essa condição para sua infiltração na sociedade, esperando a oportunidade para sua ampliação. Irmãos! Façam muita oração para que a Pátria do Evangelho consiga seus objetivos, levando a paz e a luz para todos os recantos do país, para que nossos Protetores consigam expulsar do poder todas as pessoas que procuram prejudicar em vez de auxiliar o próximo. Que todos olhem e se espelhem no exemplo que nos deixou São Francisco que é dando que se recebe e perdoando que somos perdoados e assim conseguirmos auxiliar nossa pátria. Este é o pedido dos Irmãos Espirituais e o Protetor do Brasil.” Esclarecimento: 1-O livro “Brasil Coração do Mundo e Pátria do Evangelho” ditado para Chico Xavier pelo Irmão X é uma das mais extraordinárias narrativas da origem do descobrimento do Brasil. Por isso a mensagem faz alusão à Pátria do Evangelho. 2- A prece quando feita com sentimento, vontade e força do pensamento é integrada por uma energia vibracional extraordinária e se potencializa geometricamente no mundo Astral. Pois sabemos hoje que a força mental é a energia mais potente até hoje conhecida e sua velocidade ultrapassa a velocidade da luz. 3- Cada brasileiro ou brasileira de boa vontade, independente da ideologia que defende, pode diariamente oferecer uma oração com foco para a EQUIPE ESPIRITUAL que cuida da proteção do Brasil utilizá-la e manipulá-la para esse objetivo. 4- Mesmo que você caro leitor tenha dúvida, assim mesmo faça parte da grande corrente voltada para o bem de nossa pátria para que o Brasil possa encontrar o caminho da harmonia, equilíbrio, paz, fundamentado no amor e na caridade solidária. Lembrando que dia 04 de outubro é dedicado à São Francisco, o grande exemplo da humildade e caridade. Cumprimos assim nossa tarefa e esperamos que todos possam cumprir a sua com VOTOS DE FELIZ EVOLUÇÃO, enquanto lhes digo até a próxima. J. Lario Zimmer.

MENSAGEM DE UM CAMINHONEIRO QUE SERVE COMO ALERTA e REFLEXÃO.

José Lario Zimmer

MENSAGEM DE UM CAMINHONEIRO QUE SERVE COMO ALERTA e REFLEXÃO.

MENSAGEM DE UM CAMINHONEIRO QUE SERVE COMO ALERTA e REFLEXÃO. 04 de outubro de 2018. Caros Internautas! Todas as mensagens que recebemos ao longo dos anos trazem em seu conteúdo uma lição de vida. Nosso irmão que se identificou como Álvaro de Matos deixa isso muito claro, ou seja, a questão da única preocupação com os bens materiais. É claro que deles precisamos para viver, porém, devemos priorizar o nosso tempo de forma que possamos dedica-lo àqueles que pertencem ao nosso convívio familiar, assim como procurar entender a razão da vida, da existência. Vida na terra que é tão efêmera, passageira, que quando vemos passou e então começa a nossa vida definitiva na outra dimensão. Lembrar sempre que espécie de bagagem vou levar comigo para o outro lado. Leiam com muita atenção a mensagem que segue: Boa noite! Sempre fui muito saudável e trabalhava muito e não me preocupava com minha saúde. Pensava que quando envelhecer vou preocupar-me com isso. Porém, um dia senti uma pressão no peito parecia que ardia, um mal-estar súbito. Pensei em parar o caminhão e dar uma aliviada na dor no peito. Tomei uns goles de água e parecia melhorar aí pensei vou tocar até chegar no próximo posto e aí parar, porque já estou me sentindo melhor. Foi grande o susto quando percebi que já não conseguia ver os outros carros, a visão estava nublada e aí tudo escureceu. Um grande barulho e não vi e senti mais nada. Quanto tempo passou não sei precisar agora, mas foram alguns dias. Acordei, estava num hospital. Apesar de estar todo machucado quase não sentia dor. Mas o lugar era muito estranho. Tentei identificar alguém conhecido e não via nenhum rosto familiar. Apenas algumas pessoas com as mesmas vestes que usavam. Alguns minutos se passaram e então uma senhora muito sorridente se aproximou da minha cama, olhou intensamente em meus olhos e novamente sorriu. Então perguntei onde estou?Fizeram-me curativos, o que aconteceu? Que lugar é este?Com muita mansuetude ela respondeu: Estás num hospital, sofreste um acidente de trânsito, seu caminhão foi de encontro com uma carreta e ambos os motoristas morreram. Que motoristas perguntei? Os que se envolveram. Lamento a morte deles falei e quem foi o culpado? Espero que não tenha sido eu. A revelação foi dolorosa e soube que o culpado fora eu. Falei em tom desesperador: Vou ajudar os familiares deviam ser pais de família como eu. Tinham esposa e filhos? O outro era um rapaz solteiro respondeu. Balbuciei, menos mal não deixou filhos. A senhora respondeu: Sim, mas deixou pais. Mas a senhora falou que ambos morreram. E o outro a quem se referiu tinha filhos? Sim tinha ou melhor tem filhos são dois meninos um de 10 e outro de 6 anos. Ah! Então como eu, porque eu também tenho dois filhos com essas idades. Ela pegou minhas mãos e relatou tudo o que havia ocorrido e então soube que era eu o outro que havia morrido também. O desespero foi grande, sofri, chorei e a dor da saudade era imensa. Ela tentava me acalmar e eu gritava aos prantos quero ver meus filhos e minha esposa. Ela explicou que como havia partido não seria possível naquele momento. Consegui me acalmar e comecei fazer uma retrospectiva da minha vida. Só soubera trabalhar, nem ao menos eu arrumava tempo para fazer sequer um exame de saúde em toda a minha vida de 45 anos e agora? Estava morto. Mesmo aqui a simpática senhora me explicava sobre a morte ainda assim não conseguia aceitar a partida tão cedo. Tudo o que sobrou foi um amontoado de bens e um grande vazio na vida dos meus filhos que pouco conviveram com o pai que estava sempre na estrada trabalhando sem parar. Minha mensagem hoje é: PAIS APROVEITEM A OPORTUNIDADE DA CONVIVÊNCIA FAMILIAR. PODEM TRABALHAR E DEVEM TRABALHAR, PORÉM, TIREM ALGUNS DIAS PARA CUIDAR DOS FILHOS. POIS QUANDO A VERDADE NOS É REVELADA A DOR E A SAUDADE TOMA CONTA DE NÓS. O REMORSO É O NOSSO MAIOR SOFRIMENTO ELE É QUE NOS ACUSA DOS ERROS COMETIDOS. Assina: Álvaro de Matos – Um caminhoneiro que não chegou no destino, mas chegou no fim da estrada. Com votos de FELIZ EVOLUÇÃO lhes digo até a próxima.

Todos os direitos reservados. FEAC Fraternidade Espírita Amigos da Comunidade. 2015

Desenvolvido por: DBlinks