Blog da FEAC

José Lario Zimmer

​MENSAGEM DE UMA JOVEM QUE TIROU A VIDA PELAS DROGAS

​MENSAGEM DE UMA JOVEM QUE TIROU A VIDA PELAS DROGAS
31 de Julho de 2018

MENSAGEM DE UMA JOVEM QUE TIROU A VIDA PELAS DROGAS. 29.07.2018.

“Depoimento de uma jovem que se identificou com o nome de FABÍOLA para servir de reflexão”

Fabíola escreveu o seguinte:

Meu nome é Fabíola! Eu era uma adolescente muito rebelde e dei muito trabalho para minha família desde muito cedo. Aos 11 anos iniciou minha destruição; o cigarro era meu companheiro. Vi muitas vezes minha mãe em lágrimas implorando para que não fumasse, dizia ela: Seu pai morreu muito novo por causa do cigarro e da bebida, me deixando com 04 filhos para criar sozinha e você, tão nova, não faça isso, tenha compaixão de sua mãe. Porém, eu na minha pouco experiência de vida me deixei levar e logo depois do cigarro vieram outras drogas. Aos 12 anos muitas vezes não sabia nem onde estava de tanto álcool e outras drogas. Aos 13 já estava um trapo humano, usava drogas injetáveis e como eu dizia, mesmo com as lamúrias diárias de minha mãe. Quando faltavam dois dias para eu completar 14 anos fui a uma festa, lá rolava de tudo e eu me larguei, como nós falava, só lembro que não conseguia mais ficar em pé, ouvi barulho de sirene e não vi mais nada.

Acordei muito mal, estava em um lugar estranho, nunca visto antes. Falei que queria ir para casa, precisava dormir, descansar, me sentia zonza, tudo parecia rodar, porém, umas gargalhadas estranhas, um horror. Repeti por várias vezes que queria ir para casa. Só riam de mim e um rapaz, todo imundo chegou mais perto e falou: Agora a sua casa é aqui e daqui vai ser difícil sair. Foi falando coisas muito estranhas, me contando que eu tinha morrido e que aquele lugar era a casa dos drogados que como ele eu também ficaria lá.

Foram dias, anos de muito sofrimento, meu corpo parecia um cadáver, eu andava, me alimentava, sentia tudo como se estivesse viva, mas sem condições de sair daquele lugar. Com o passar do tempo ressoava nos meus ouvidos as palavras de minha mãe, me lembrava de suas lágrimas de todo o sofrimento que causei.

Pelo tempo hoje dos irmãos fiquei 10 anos naquele lugar e um dia fui auxiliada e levada para um hospital, demorei muito para me recuperar e ainda hoje sinto os estragos causados no meu corpo, mas hoje entendi todos os erros que cometi, todo sofrimento que causei à minha família, especialmente a minha mãe.

Hoje vim a esta Casa, com a ajuda de uma enfermeira agradecer a todos vocês que me ajudaram sair daquele lugar e me levaram para o Hospital. Sei que preciso de muito tempo ainda, mas quero deixar minha mensagem, meu alerta aos jovens que usam drogas, busquem ajuda, saiam disso enquanto é tempo.

Obrigada pela oportunidade.

Fabíola- Uma jovem que se tirou a vida pelas drogas.

ESCLARECIMENTO E REFLEXÃO.

Caros internautas!

A missivista agradece o auxílio recebido pela CASA DA FEAC.

Como se dá isso?

Podemos mencionar dois grandes objetivos de nossa CASA:

  • Compartilhar informações sobre a nossa verdadeira identidade, não apenas quem somos, mas especialmente O QUE SOMOS e dentro dessa visão qual é o verdadeiro sentido da vida, utilizando o conteúdo da Doutrina Espírita com toda a gama de informações repassadas por aqueles que já se encontram do outro lado da vida.
  • Três datas mensais reunimos todos os integrantes e colaboradores e com a orientação da EQUIPE ESPIRITUAL nossa parceira no trabalho da caridade, doamos energia para resgate, auxílio e cura daqueles que ainda estão na condição de sofredores no outro lado da vida, bem como os denominados PERDIDOS NO ALÉM, muitos dos quais ainda não se deram conta do seu desencarne.

Assim, a Fabíola foi resgatada pelos SOCORRISTAS DO ALÉM, pois assim são denominados àqueles que integram o resgate dos Seres já aptos a serem socorridos. Constituem uma espécie de Bombeiros do além.

Se todos soubessem COMO A VIDA CONTINUA e quais as consequências de nossos atos, uma vez que impera a lei da AÇÃO e REAÇÃO, PLANTIO e COLHEITA a humanidade teria um comportamento diferenciado.

Assim, oferecemos mais essa mensagem para servir de esclarecimento acerca da possibilidade de nosso destino após o desencarne, especialmente para os JOVENS.

Esperando que esse conteúdo possa de alguma forma contribuir para entender a continuação da vida desejo a todos uma FELIZ EVOLUÇÃO enquanto lhes digo até a próxima.

J.Lario.

P.S. Se você, caro internauta, gostou deste conteúdo e o achar útil, compartilhe-o com seus amigos como reflexão antidrogas, esse mal que está afetando de forma muito triste a nossa juventude.

Download PDF

Comente:
VEJA TAMBÉM
Mensagem de um Monge Copista

José Lario Zimmer

Mensagem de um Monge Copista

CORREIO DO ALÉM. FEAC- 17.08.2018. Mensagem de um Monge Copista. Boa noite amigos! Sinto-me muito feliz e em paz neste momento. Jamais em minha mente achei possível executar essa comunicação inter-planos de vida. Em minha pouca sabedoria acreditava na ideia simploria do céu e inferno, quiçá o purgatório. Vivi minha última encarnação como um eclesiástico, um sacerdote. Hoje, depois do choque da morte e da visão ampliada da vida, sei que não era um sacerdote, era um Ser cheio de presunção, orgulho, mergulhado na vaidade. Ah! Meus irmãos! Soubessem vocês da plenitude da vida espiritual, não perderiam tempo com coisas pequenas. Bem, vou contar-lhes um pouco de mim. Fui garoto simples e sem condições que a vida nada dispôs. Entrar para a Ordem sacerdotal era sinônimo de perspectiva futura, de uma vida digna, sem penúrias, num momento do planeta, onde a fome e as doenças eram presença íntima e no Convento eu estaria em segurança e proteção. Palmilhei assim a vida clerical, tornando-me, segundo eu mesmo, um porta voz de Deus, do Cristo. Meus conselhos, minhas ideias eram lei, não poderia eu ser contrariado, pois era o mensageiro do Divino. Para mim hoje ainda é muito custoso falar sobre esta vaidade, mas fui orientado que ao partilhá-la vou diluindo-a, curando-me e instruindo, informando aos Irmãos o que não fazer. Quiçá tivesse mais humildade e estudasse os tratados proibidos, os textos profanos, os Evangelhos Apócrifos. Em minha caminhada fui um estudioso, iniciando-me como um Servo Copista, copiava e ilustrava os textos com as iluminuras, ilustrações, desenhos da época. Porém, essa cultura, esse saber, saía de minha mesa para os cofres, ou para salas onde eu nunca vi ninguém realizando uma leitura, um estudo. Todo o meu trabalho e o de inúmeros companheiros foi inócuo, pois fomentou um conhecimento, que se perdeu na sombra dos tempos. Mas eu usei isto era apenas para envaidecer e lustrar meu ego. Que choque ao desencarnar e verificar que meu lugar ao lado direito de Deus era uma grota escura, fétida e lamacenta. Que eu, o Ser Superior e emissário de Deus, era perseguido, açoitado, chicoteado por hordas de malfeitores. Onde estava meu Deus? Parti em revolta, vivi blasfêmias e atos sórdidos. Então como ser pertencente aos Umbrais, umbralino me tornei, enegrecendo assim meu coração, vitimizando-me. Hoje eu sei que apenas dei vazão ao que eu era em mim mesmo. Fui resgatado em um dia de trabalhos coletivos desta Casa. Grande luz nos envolveu, nos devolvendo a humanidade e a dignidade de Seres filhos do Cristo, fomos todos aquecidos, limpos e alimentados. Fomos, porque éramos milhares, então encaminhados a hospitais para tratamentos diversos. Muitos lá ainda estão eu, porém, já fui habilitado aos estudos e aos trabalhos. Hoje creio na vida eterna, na sua forma verdadeira, vida eterna no amor e na humildade. Não esqueçam a humildade e o amor. Na paz de Jesus. CARLO Um Frei resgatado – REFLEXÃO. 1-Os denominados COPISTAS eram Monges que viviam em Mosteiros e se dedicavam a copiar livros ou manuscritos relacionados com a religião. Essa atividade era importante antes do descobrimento da imprensa por Gutenberg no ano de 1.450. A sociedade entende que a criação de tipos para impressão foi o descobrimento mais importante do segundo milênio, porque possibilitou a impressão dos livros em larga escala propiciando a ampliação do conhecimento. A história registra que o primeiro livro que Gutenberg imprimiu foi a Bíblia e levou nesse trabalho em torno de 5 anos com mais de mil páginas. O filme o NOME DA ROSA, com Sean Connery nos dá uma ideia da atividade dos copistas e da vida nos mosteiros. 2-Assim, pode se concluir que esse irmão COPISTA autor da mensagem deve ter vivido sua última encarnação há muitos anos. 3- Enfatiza que a LEI QUE VIGORA na outra dimensão é a LEI DO AMOR. Que o orgulho e a vaidade são sentimentos altamente negativos porque inflam o EGO e O EGO impede o sentimento do AMOR que por sua vez obstaculiza a lei do progresso espiritual. 4- Informa também que não é o cargo ou posição social que conta na bagagem que levamos para o outro lado, porquanto todos, independente de crença, religião, posição social estão sujeitos à lei da AÇÃO e REAÇÃO, PLANTIO e COLHEITA. 5- Dá o seu testemunho da importância das DOAÇÕES de ENERGIA que nossa Casa faz 03 vezes por mês com a participação de uma GRANDE EQUIPE DE IRMÃOS DA OUTRA DIMENSÃO oportunizando o resgate de milhares de Seres ainda perdidos, ou sofredores no ALÉM. 6- Tudo isso nos leva a concluir que nenhuma pessoa precisa mudar de religião para sua caminhada evolutiva, desde que pratique a LEI DA CARIDADE ensinada por Jesus quando afirmou: FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO. Espero ter contribuído para um entendimento maior relacionado com a continuação da vida e enquanto desejo a todos uma FELIZ EVOLUÇÃO e lhes digo: Até a próxima.

MENSAGEM ENCAMINHADA AO STF

José Lario Zimmer

MENSAGEM ENCAMINHADA AO STF

MENSAGEM ENCAMINHADA AO STF. Caros Internautas! Tomamos a liberdade de encaminhar à Exma. Presidente do STF Dra. Carmen Lúcia o conteúdo da mensagem recebida por um Amigo Espiritual que fala sobre o tema ABORTO. E, segundo o missivista ele fala de experiência própria por ter sido por duas vezes vítima desse procedimento equivocado. A mensagem é autoexplicativa. Com votos de Feliz Evolução lhes digo: Até a próxima. P.S. Como temos muitas mensagens em nossos arquivos estaremos postando duas por semana: Terças e Sextas-feiras. J. Lario. FRATERNIDADE ESPÍRITA AMIGOS DA COMUNIDADE (FEAC) São José do Cedro – Sta. Catarina. 14.08.2018. CORREIO DO ALÉM. Amigo Espiritual, que se identifica como IRMÃO ANDRÉ que sofreu a violência do ABORTO dá o seu depoimento. Irmão André escreveu: Meus amados irmãos! Tenho ouvido, como vocês também, falar sobre o tema ABORTO, mais precisamente em legaliza-lo. Meus amados irmãos! Pergunto: Com que direito devemos fazê-lo? Como ter o poder sobre a vida de alguém? Quanto mais sobre um Ser tão indefeso, que não pode se defender? Onde foi que buscaste o direito de matar? Ah! São tantas perguntas, não é? Então fico indignado quando vejo que um Ser que se diz humano, inteligente e racional se arvora no direito de tirar a vida de alguém, pois nem mesmo o animal o faz com tanta crueldade. Que culpa tem esse Ser por tal erro cometido pelos pais que deve pagar com a própria vida, impedindo-o do direito de nascer? Meus amados! Em que estamos nos tornando com tal atitude? Se soubessem quantos anos esperamos para ter a chance de reencarnar, de ter uma nova chance, uma nova oportunidade aqui, deste lado de cá, garanto que o Ser que se presta a tirar a vida de um feto, se soubesse, não teria coragem de fazê-lo. É meus amados irmãos! Eu passe por isso duas vezes, minha mãe não me quis. Então peço, tive eu a chance de escolher? Tive sim, mas minha mãe não me ouviu em nenhuma delas. Então quem saber se ela tivesse me ouvido eu estaria encarnado, aqui neste mundo. Sim, eu já estive aqui como encarnado e para surpresa de vocês eu lutei muito para defender a vida, mas infelizmente não obtive resultado. E agora observo que cada dia aumenta mais esta crueldade e agora querem que se torne legal. Minha gente! Este para mim é um dos piores crimes que se pode cometer, porque atinge alguém que não tem a mínima chance de se defender. Bem! Prestei aqui minha indignação sobre o assunto ABORTO. Gostaria que todos pusessem a mão na consciência e se perguntassem? Que direito eu tenho de matar? Espero com esta mensagem possa passar algo especial em vossos corações e que seja transmitida para atingir mais corações. Meu muito obrigado pela oportunidade de transmitir minha mensagem a vocês. Que Deus os abençoe, para que continuem esta linda caminhada evolutiva. Envio um fraternal abraço a todos. Sou o Irmão André, trabalhador da Casa e um lutador pelo direito à vida.

MENSAGEM DE UM BOMBEIRO DA REGIÃO. Data: 09.08.2018.

José Lario Zimmer

MENSAGEM DE UM BOMBEIRO DA REGIÃO. Data: 09.08.2018.

FEAC-CORREIO DO ALÉM. Mensagem de um BOMBEIRO DA REGIÃO. Data: 09.08.2018. UM BOMBEIRO ESCREVEU: “Como dói a dor da lembrança. O tempo passou, porém, tudo está gravado no arquivo da memória. Sei que não tenho como voltar no tempo, muito menos como transformar aquele momento dolorido que vivenciei naquela vida. Foi tudo tão rápido que não percebi, quando vi, tudo estava terminado, tudo em terra, corpos espalhados pelo chão, misturados aos gritos de dor e pedidos de socorro e eu em estado de pânico, estado de choque, tudo parecia um filme, porém, era real. O mais real era que eu via tudo e imaginava estar vivo, corri para ajudar a salvar pessoas, porém, vi meus colegas chorando em desespero, vi meu corpo e não entendi nada. Busquei falar com os colegas e não me ouviam. O desespero foi grande e eu desmaiei. Quando acordei estava em um hospital sendo muito bem atendido, medicado, lembrei do que tinha vivenciado do meu corpo e pensei: Ufa! Foi um sonho, estou vivo; perguntei ao Enfermeiro o que eu estava fazendo aí no hospital, pois se está tudo bem comigo, isso eu disse com voz firme e continuei, quando estarei de alta, porque quero ir para casa ver meus filhos, esposa e familiares? E que hora é agora e onde estão meus familiares e parentes perguntei. Porém, o enfermeiro nada falou. Aí eu disse a ele você é mudo e surdo que não me responde? Então ele me deu água para beber, eu não quis tomar, então ele saiu. Fui levantar-me e não consegui, meu corpo estava sem condições. Veio então um senhor de cabelos um pouco mais longos e grisalho pediu para me acalmar e que eu não estava mais entre os meus filhos e esposa. Eu o insultei dizendo que ele era louco e neste exato momento fui levado à morte do corpo físico, logo trazido de volta em choque com muita dor, medo e desespero e fui acalmado e voltei a dormir. Mais tarde tudo foi me explicado, conscientizado que estava morto vivo. Morto na carne e vivo na alma. Então fui tomado de um grande mal-estar. Veio um filme em minha tela mental de toda a minha vida. Logo, muitos daqueles que eu tinha socorrido ou tentado socorrer e não tive êxito estavam aí para me agradecer. Tive certeza que estava morto, morto vivo, algo estranho. Aí comecei a me perguntar e lembrar de todos os momentos que deixei de pedir perdão, de dizer que amava meus filhos, a esposa, pais e amigos. Lembrar daqueles momentos que deixei de compartilhar em família, amigos. Dos momentos em que não brinquei com meus filhos de sair com a esposa, de abraça-los de aconchegar com meus pais. Entendi que o mais lindo da vida eu não tinha desfrutado por inteiro, não tinha valorizado o convívio familiar, tinha às vezes guardado mágoas e até rancor não por longo tempo, mas tive. Dei importância às coisas tão pequenas que deixei de ser feliz. Espero que um dia eu possa voltar com eles e fazer tudo o que não fiz, o que não vivi. UM BOMBEIRO DA REGIÃO. Não vou deixar o meu nome para não impactar a dor nos familiares.” REFLEXÃO. A atividade de BOMBEIRO é, sem dúvida, uma das mais nobres dentre as profissões humanas. Podemos até vê-la como missão porque ele coloca a vida do semelhante até acima da sua própria. O nosso missivista foi ceifado numa dessas fatalidades coletivas que somente podemos entender à luz da reencarnação que os Mentores Espirituais, já em faixas evolutivas mais ascencionadas explicam. O seu trabalho gerou mérito o qual vibratoriamente o atraiu diretamente para um HOSPITAL sem ter que diluir eventuais miasmas em regiões de sofrimento. Também, segundo seu conteúdo, recebeu a visita de muitos que em sua atividade socorreu, mesmo sem êxito externando a sua gratidão. Também ficou evidente, e isso nós constatamos em tantas outras mensagens, a constatação de não ter aproveitado melhor o convívio com aqueles que lhe são caros. Enfim, caros internautas, convém sempre ter presente que as condições da Terra contam o tempo de forma linear e isso nos leva a um começo e fatalmente a um fim. Essa realidade nos faculta um tempo de vida na terra que começa com o nascimento. Assim, quando entramos pela porta do nascimento seguimos nossa jornada na direção da porta de saída. Esse espaço que medeia entre as duas portas pode ser um pouco mais longo ou um pouco mais curto, mas todos chegaremos um dia à porta de saída. Uma grande parte da humanidade não se preocupa com a porta de saída, vive a valorização da matéria como se o tempo fosse eterno. Depois, já na outra dimensão, constata que escolheu de forma equivocada a prioridade do uso de seu tempo. Esperando ter contribuído com o conteúdo dessa mensagem desejo a todos FELIZ EVOLUÇÃO enquanto lhes digo até a próxima e envio meu fraternal abraço a todos os BOMBEIROS. J. Lario.

​MENSAGEM DO IRMÃO INÁCIO FERREIRA - Data: 07/08/2018

José Lario Zimmer

​MENSAGEM DO IRMÃO INÁCIO FERREIRA - Data: 07/08/2018

MENSAGEM DO IRMÃO INÁCIO FERREIRA – Dando uma aula acerca da organização do MUNDO ASTRAL. Data: 07.08.2018. “OS MUNDOS EM QUE HABITAMOS. Existem muitos mundos dentro de apenas um mundo. As frequências vibratórias em que habitamos vão determinar qual é o seu mundo. Vou explicar melhor: Neste mesmo mundo em que tu vives agora a tua saga, a tua vibração interior, o teu pensamento e sentimento te colocam em uma faixa de sintonia com os outros que vibram na mesma sintonia. São faixas divisórias que vibram ao redor do Planeta e tu vais sintonizar com aquela que tu te afinas em sintonia vibratória. As faixas mais próximas às placas tectônicas, são as faixas umbralinas, densas, aonde vibram as energias emitidas pelos Seres ainda muito presos ao campo material. São Seres orgulhosos, maldosos e extremamente egoístas, estes têm seu mundo vibrando nestas energias. São irmãos ainda muito imaturos na arte do amor. Depois vem as outras faixas até chegarem à crosta. Quanto mais próximo da crosta menos densa é a vibração. Cada qual se sintoniza com as energias, conforme seu campo mental espiritual que emite ondas de energia através do pensamento. Quando dormem se afinam e vão espiritualmente até essas faixas de energia equivalentes à sua forma de ser interior. O UMBRAL à noite lota de Seres encarnados devido a este fator. Após a faixa da energética da crosta começam as vibrações um pouco mais sutis. Já são irmãos que se desapegaram um pouco da matéria densa e já vibram pensamentos mais amorosos e de humildade. Após o desencarne ficam aqui com seus familiares aí são levados aos hospitais das Colônias devido a sua forma pensamento serem mais sutis. Acima das nuvens começam as faixas de frequências de altas vibrações, onde vivem Seres voltados para o bem que se sintonizam com ondas de amorosidade e paz. São sintonias de Seres já mais desmaterializados, já voltados ao lado espiritual e Divino do Ser. Gostam de servir e ajudar aos outros. Mas acima já são locais de altas frequências vibratórias onde ficam localizadas as Colônias ocupadas por irmãos já desmaterializados que não necessitam mais da reencarnação. Ficam aqui devido a seus resgates ainda pendentes, quando cumprida a missão vão para mundos mais evoluídos. Quando vibramos sintonias de ódio habitamos mental e espiritualmente os mundos densos. Quando emitimos sentimentos e pensamentos amorosos nos conectamos e moramos em mundos energéticos mais sutis. O nosso corpo físico é preso ao local que está, porém, a nossa alma (Espírito) é livre e vai aonde bem quiser. Tudo é energia e a mais poderosa e potente delas é a ENERGIA MENTAL. Cuidemos muito o que pensamos sempre. E então descobrimos qual é o nosso mundo. IRMÃO INÁCIO FERREIRA. REFLEXÃO. Quem é o Irmão Inácio Ferreira? O Irmão Inácio Ferreira foi médico psiquiatra e diretor do Hospital Espírita psiquiátrico de Uberaba MG quando encarnado. Já ditou vários livros com um conteúdo didático muito bom através do médium Carlos A. Baccelli, com um potencial mediúnico extraordinário foi aluno de Chico Xavier. Numa de suas obras narra a jornada reencarnatória do grande e temível inquisidor espanhol Tomás de Torquemada. Vale a pena ler. O Irmão Inácio Ferreira já ditou várias mensagens em nosso CORREIO DO ALÉM todas de cunho elucidativo relacionado com a continuação da vida. Acredito que alguns leitores tenham um pouco de dificuldade de entender o conteúdo da mensagem atual, por isso tomamos a liberdade de contribuir com alguns esclarecimentos. Todos os Seres com vida no Planeta Terra emanam ondas vibratórias. No caso de nós, que já estamos na faixa HUMANA, a qualidade de nossa vibração está relacionada com nossos pensamentos e sentimentos, que definem o PESO ESPECÍFICO de nossas vibrações.Podemos imaginar o PLANETA TERRA no seu campo vibratório e energético como uma CEBOLA que é formada com várias camadas.Imaginemos círculos vibratórios da CROSTA, da parte física da Terra em seu campo exterior. Quanto mais distante da crosta, mais sutil o CAMPO VIBRATÓRIO. Da mesma forma o Missivista fala do INTERIOR DA TERRA, a partir das PLACAS TECTÓNICAS onde vibram os Seres mais densos. Segundo explicação de uma das grandes colaboradoras de nossa Casa no Planto Astral, a Irmã Sinhá, existem 07 níveis para dentro da Terra, quando mais para o Centro tanto mais denso e maior sofrimento para os Seres que lá habitam.Que durante o sono, o Espírito sai do corpo e vai para os locais densos do umbral onde se afina vibratoriamente com àqueles Seres com os quais se sintoniza. O QUE A EQUIPE ESPIRITUAL RECOMENDA? A receita está no Evangelho nas palavras atribuídas a Jesus: VIGIAI e ORAI, quer dizer vigiar os nossos pensamentos e sentimentos e orar.À noite ativar uma Taça energética através do nosso pensamento ao lado da cama e colocar a ENERGIA DA ORAÇÃO oferecendo-a ao nosso Anjo da Guarda (Mentor) para que ele vele por nós durante o sono e possamos frequentar locais de elevado campo vibratório. Caros leitores! Compartilhamos essas informações para que cada um tenha a oportunidade de lê-las e avaliar o seu conteúdo e fazendo um exame de sua realidade para descobrir em que FAIXA está atuando, porque essa será a FAIXA em que estará se sintonizando e definirá o ENDEREÇO para onde irá quando daqui partir. Com votos de Feliz evolução lhes digo até a próxima.

Todos os direitos reservados. FEAC Fraternidade Espírita Amigos da Comunidade. 2015

Desenvolvido por: DBlinks